Todo caroço no umbigo é uma hérnia?

Caroço no umbigo

Muitos pacientes chegam no meu consultório porque notaram um abaulamento ou caroço no umbigo. Algumas vezes ele incomoda ou dói, e outras, só causa um problema estético.

Na maioria dos casos, trata-se de uma hérnia umbilical. Essa condição  consiste em um defeito na parede do abdome (um orifício) através do qual o conteúdo de dentro da barriga (geralmente gordura ou intestino) é empurrado para fora dela.

O principal indicativo de hérnia umbilical é a presença uma protuberância na região do umbigo. Ela pode vir acompanhada de dor ou desconforto, principalmente ao realizar movimentos que exigem força na musculatura da barriga.

hernia umbilical

Esse tipo de hérnia é mais frequente em crianças, mas também pode surgir em adultos, quando há aumento da pressão abdominal.  Por exemplo:

  • excesso de peso (obesidade);
  • realização de esforços violentos (como levantamento de objetos pesados no trabalho ou musculação);
  • gravidez;
  • tosse crónica / tabagismo;
  • intestino preso.

POREM…

Existem outras causas de caroço no umbigo!

Entre as principais causas de abaulamento do umbigo, se encontram:

  • Onfalite
  • Endometriose
  •  Corpo estranho
  • Persistência do uraco
  • Tumores benignos
  • Tumores malginos
  • Varizes

INFECÇÃO DO UMBIGO (ONFALITE):

A infecção do umbigo, chamada de onfalite, é um problema pouco divulgado, porém bastante frequente.

onfalite

Os sintomas principais consistem em:

  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Dor
  • Secreção purulenta

A causa principal é uma higiene inadequada. 

Outras vezes, é causado pelo uso de piercings ou roupas muito justas, que causam atrito nessa região .

O tratamento principal consiste em manter o umbigo limpo e seco. Além disso, são utilizados antibióticos orais ou em pomada.

Em casos  extremos, pode ser necessária a drenagem cirúrgica.

ENDOMETRIOSE NO UMBIGO:

A endometriose consiste na  presença de tecido interno do útero fora desse órgão.

Afeta ao redor do 11% das mulheres em idade fértil. Já, a endometriose no umbigo, afeta a menos do 1% das mulheres.

A endometriose umbilical se apresenta como um nódulo escuro e pequeno.

Geralmente aumenta de tamanho (e doi) na fase pré-menstrual. Além disso, pode produzir secreções e sangrar durante a menstruação.

O tratamento de escolha é a remoção por cirurgia. Ademais, deve-se investigar a presença de focos de endometriose em outras partes da pelve e do abdome.

CORPO ESTRANHO UMBILICAL:

A presença de corpos estranhos dentro do umbigo pode predispor ao desenvolvimento de granulomas.

O granuloma de corpo estranho consiste em um grupo de células de defesa que se dispõem ao redor de um material  que não pertence ao próprio corpo.

A causa principal dessa condição é a presença de fios deixados em cirurgias prévias. Por exemplo, no  reparo de uma hérnia umbilical ou uma abdominoplastia com correção de diastase.

O tratamento principal consiste em retirar esse material estranho através de uma pequena cirurgia. Esse procedimento geralmente é realizado sob anestesia local com ou sem sedação.

PERSISTÊNCIA DO ÚRACO:

O úraco é um duto presente na vida fetal, que conecta a bexiga com o umbigo.  Ele se oblitera (se fecha) pouco tempo depois do nascimento. Porém, em algumas pessoas persiste até a idade adulta.

O úraco persistente geralmente não causa sintomas.  Contudo, mm alguns casos pode gerar infecções recorrentes na região do umbigo.

Para diagnosticar essa condição são necessários exames de imagem como ultrassom e tomografia abdominal.

O tratamento é cirúrgico, visando a retirada de todo o úraco e a reconstrução do umbigo.

TUMORES UMBILICAIS BENIGNOS:

Entre os principais tumores benignos que podem se apresentar como um caroço no umbigo, encontramos:

  1. Cisto epidérmico:

Também conhecido como cisto sebáceo. Tem aparência de nódulo esbranquiçado ou amarelado, às vezes com um buraquinho central.

O cisto epidérmico se forma  quando o ducto de drenagem de uma glândula sebácea obstrui, ocorrendo o acúmulo progressivo de gordura dentro dela.

Os pacientes com cisto epidérmico sentem um caroço que, ao espremer, solta uma secreção gordurosa e com mal cheiro.

O tratamento consiste na exérese (retirada) cirúrgica. Nesse procedimento a cápsula deve ser extirpada para evitar uma recidiva.

  1. Granuloma Piogênico:

O granuloma Piogênico se apresenta como um nódulo rosa.  As vezes, pode ter uma secreção amarela e pegajosa. Inclusive, muitas vezes é confundido com uma infecção crônica.

Essa condição pode ser causada por traumatismos repetidos no umbigo (como o uso de piercings).

O tratamento consiste em cauterização química ou elétrica e, em casos refratários, na remoção por cirurgia.

TUMORES MALIGNOS:

Alguns tipos de câncer podem envolver a área do umbigo e simular uma hérnia. Entre os principais se encontram:

  • melanoma
  • tumores do trato gastrointestinal
  • tumores ovarianos
  • câncer do úraco

VASOS SANGUINEOS DILATADOS

Em quadros onde o fluxo do sangue venoso do fígado está prejudicado (por exemplo, na cirrose), ocorre um aumento da pressão das veias abdominais.

Esse aumento de pressão faz que o sangue procure outros  rotas de escape para continuar com a circulação.

Uma dessas rotas, são as veias em volta do umbigo. Em alguns pacientes cirróticos, um caroço no umbigo pode significar  a presença de varizes (ou dilatações) das veias umbilicais.

Ao contrario das situações anteriores, o tratamento principal consiste em tratar a doença de base (por exemplo, com um transplante hepático no caso da cirrose); e não a variz.

RESUMO:

Um caroço no umbigo é uma quiexa muito comum nos consultórios de cirurgia geral e de cirurgia do aparelho digestivo. A maioria das vezes, é causado pela presença de uma hérnia umbilical. Apesar disso, essa condição deve ser avaliada para descartar condições mais graves e que podem por em risco a vida do paciente, ou afetá-la de forma significativa.

Se você tiver um caroço no umbigo, procure um cirurgião qualificado. E se estiver na grande BH e quiser marcar uma consulta comigo, é so clicar na imagem a seguir!


dr jorge vasquez


4Comentários

  • Thainá, 24 de maio de 2021 @ 05:37 Responder

    Apareceu um carocinho no meu umbigo e no do meu filho de 5 anos do mesmo jeito . Doia muito ai eu apertei saiu uma massa como uma espinha um cravo ai a dor passou agora tem no meu filho e nao sei o que fazer pq eu aguentei espremer agora ele …

    • Dr. Jorge Vásquez Del Aquilla, 2 de junho de 2021 @ 21:21 Responder

      Provávelmente você tem um cisto sebáceo! Essa condição é comum em adultos. No caso do seu filho, os caroços no umbigo geralmente são hérnias. Leve ele ao pediatra. Ele avaliará a melhor conduta.

  • Marcio, 22 de agosto de 2021 @ 14:01 Responder

    Apareceu um caroço beirando a região superior do meu umbigo . Só dar para perceber ao tocar pois é como se tivesse uma massa interna na região superior do umbigo. O que pode ser isso?

    • Dr. Jorge Vásquez Del Aquilla, 23 de agosto de 2021 @ 20:58 Responder

      O mais provável é que se trate de uma hérnia umbilical ou supraumbilical. Recomendo que realize uma avaliação clínica com um especialista e um ultra-som de parede abdominal. Att.,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *